sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Fé, Amor e Perseverança Cristã




“Lembramos continuamente, diante de nosso Deus e Pai, o que vocês têm demonstrado: o trabalho que resulta da fé, o esforço motivado pelo amor e a perseverança proveniente da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.”
(I Tessalonicenses 1.3)



   Vivemos dias nos quais tudo tende a ser muito fácil, as coisas vem e vão com uma facilidade e rapidez incrível, e isto faz com que percamos valores importantíssimos para a nossa caminhada rumo à Deus, os valores da fé, do amor e da perseverança.

   Digo isto, pois, diante deste texto escrito pelo apóstolo Paulo, vemos a alegria dele ao falar dos tessalônicos, em primeiro lugar por conta do “trabalho que resulta da fé”, e o que entendemos nesta passagem? Podemos entender que eles agiam movidos pela fé, viviam pela fé, trabalhavam pra Deus, não ficavam “dizendo” e sim “fazendo”.

   Trabalho não é sinônimo de fé, porém, Tiago 2.17-18 nos diz: “Assim também a fé, por si só, se não for acompanhada de obras, está morta. Mas alguém dirá: ‘Você tem fé; eu tenho obras’. Mostre-me a sua fé sem obras, e eu lhe mostrarei a minha fé pelas obras.” É impossível desassociarmos fé de obras, embora a salvação se dê pela fé, e não por obras.

   Paulo continua o texto falando sobre o “o esforço motivado pelo amor”, é como se o amor de Deus fosse o combustível que alimentasse nossa motivação, e sem o amor de Deus não teríamos tal motivação. Romanos 8.36 diz: “Por amor de Ti somos entregues a morte todos os dias, somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro”, isto é fantástico, viver isto é esplendoroso, visto que, é Deus agindo através de nossas vidas, o amor Dele nos impulsionando até mesmo a encarar a morte, pois, “no amor não há medo, ao contrário, o perfeito amor expulsa o medo.” (I João 4.18a).

   Ao tentarmos imaginar a igreja de tessalônica, vemos uma igreja que trabalha pois acredita no Deus da obra, uma igreja que tem no amor de Deus e à Deus a motivação para se esforçar nesta obra, e percebemos também, pelas palavras de Paulo, “perseverança proveniente da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.” Não desistir! Não desanimar! Olhar sempre pra frente, pro alvo que é Jesus Cristo, isto mantinha a igreja no caminho, isto completava esta tríplice coroa de fé, amor e perseverança.

  Perseverar é algo extremamente difícil, visto que perseverar é continuar no caminho, não desistir dele, abraçar este caminho e ir nele até o fim, visto que é este o propósito de vida assumido, olhemos esta igreja, ouçamos a palavra de Paulo referente a mesma, e busquemos trabalha em resultado da nossa fé em Cristo Jesus, nos esforçando graças ao amor de Deus e perseverando até o fim, cientes da veracidade das palavras de Jesus Cristo, que Deus nos abençoe com a capacitação do Espírito Santo.

#oREIestavoltando
Wellington Luiz;

1 comentários:

  1. Muito abençoado!!! Deus te abençoe e continue te iluminando...

    ResponderExcluir